portuguêsdeutsch

Homenagem a Curt Meyer-Clason (1910-2012)

29 de junho 2012 às 20.00 horas


© Editora A1


Luísa Costa Hölzl & Philine Meyer-Clason


Homenagem Curt Meyer-Clason


Luís Maria Hölzl & Henrique Rebouças


Um serão com retrato & poesia, leitura & diálogo, guitarra & violão.

 

29 de junho 2012 às 20.00 horas na Seidlvilla, Nikolaiplatz 1b. Entrada livre.

 

Em janeiro último, faleceu, com 101 anos, Curt Meyer-Clason, tradutor de muitas obras das literaturas lusófonas e latino-americanas, um incansável divulgador cultural e escritor com obra própria.

 

Meyer-Clason viveu como representante comerciante antes, durante e depois  da segunda guerra mundial, ao todo duas décadas, no Brasil. Vivências significativas fizeram dele uma pessoa nova, e depois de ter regressado à Alemanha dedicou-se com muita paixão à literatura, tornando-se tradutor e mediador.

 

De 1969 a 1976 foi diretor do Instituto Goethe em Lisboa. Desses tempos de ditadura e revolução trata o seu livro Portugiesische Tagebücher, infelizmente ainda não editado em português. As anotações sobre aquela época de mudanças são uma declaração de amor ao país e seu povo. E à literatura, que ele introduziu num trabalho pioneiro junto ao público alemão.

 

Escutamos poemas em português, espanhol e alemão e também textos escritos pelo próprio Curt Meyer-Classon.

 

Henrique Rebouças, no violão brasileiro, e Luís Maria Hölzl, na guitarra portuguesa, tocaram chôro e fado.

 

Leitura: Philine Meyer-Clason e Luísa Costa Hölzl

 

Com o apoio da livraria Tucholsky e da editora A1.